LiveZilla Live Help
0 item(s) - R$0,00
Nenhum item adicionado.

0

Olá Visitante, seja bem-vindo!

Suplementos alimentares fazem mal?

 

   Voltar  - Artigos   

 

Suplementos alimentares fazem mal?

 

É possível que suplementos façam mal, ou que tenham efeitos colaterais indesejados. Ainda mais se forem usados em excesso ou em desconformidade com as necessidades do atleta. Por conta disso a Nutrição Inteligente alerta para problemas futuros advindos do uso de suplementos sem acompanhamento profissional. Nenhum dos problemas se dão de um dia para o outro. Por isso os usuários enganam-se com os resultados imediatos.

Segundo Turíbio Leite de Barros Neto, coordenador do Centro de Medicina da Atividade Física e do Esporte, da Universidade Federal de São Paulo, "o uso dos chamados agentes ergogênicos no esporte de alto rendimento desencadeou um processo que representa atualmente uma das grandes preocupações na área das Ciências do Esporte, tanto no que diz respeito ao combate ao doping, como também no âmbito do uso indiscriminado de drogas e suplementos nutricionais com objetivos puramente estéticos." Quanto aos agentes ergogênicos nutricionais "os consumidores de suplementos nutricionais geralmente utilizam estas substâncias em doses muito acima do recomendável", disse o professor.

 

Vamos a alguns casos. A testosterona consumida excessivamente pode diminuir a capacidade erétil, provocar crescimento de pelos pelo corpo e causar espinhas. Outro muito usado é o hormônio do crescimento, os quais aumentam as chances de doenças cardiovasculares. Seu uso indiscriminado pode desenvolver a acromegalia, doença que faz as mãos, os pés, o queixo e a testa crescerem de forma anormal. Suplementos consumidos da forma errada podem levar a problemas nos rins também. Além disso, é comum que resultem em suor em excesso, insônia, dores e cansaço.

Para evitar esses e outros malefícios, Nutrição Inteligente dá umas dicas:

A primeira dica é: suplementos não substituem a atividade física. Quer massa muscular? Exercite-se!

 

Segunda dica e: Suplementos não substituem os alimentos. Refeições equilibradas ainda são a melhor fonte de energia. Por isso suplementos são suplementos, não alimentos.

 

Terceira dica e: consultar um médico, principalmente se atuar na área esportiva. Os amigos são muito bons em recomendar este ou aquele Suplemento, mas eles baseiam-se em suas próprias experiências ou, pior, no que ouviram falar. Um médico pode alertá-lo sobre os efeitos indesejados de cada propriedade do suplemento. Lembre-se de que estamos falando de sua saúde.

 

Quarta dica e: consulte um nutricionista. Este profissional vai indicar quais os produtos adequados à sua atividade física, e quais serão necessários para equilibrar seu organismo em caso de deficiência nutricional.

Observando esses princípios básicos você estará cuidando de si mesmo.

 

Atenção: Este conteúdo tem apenas o objetivo de ser informativo.

 

  Acompanhe-nos nas redes sociais e blogs.



                                               

Facebook                                Twitter                                   Blog Oficial